Diretor: Sebastião Lima
Diretor Adjunto: Luís Moniz
Últimas Notícias

Definir “cultura” com total exactidão deve ser impossível. Além da palavra ter diversos significados, em alguns deles não há definição linear. No âmbito que aqui nos iremos referir, também existem diversas definições, como a do dicionário online Priberam, que a descreve como a “Totalidade dos costumes, das tradições, das crenças, dos padrões morais, das manifestações artísticas e intelectuais e de outras características que distinguem uma sociedade ou grupo social”. Neste enquadramento, falamos cultura de um povo, no nosso caso, a cultura Açoriana.

As eleições autárquicas realizam-se no dia 26 de Setembro de 2021, por isso, já se vive num ambiente de plena campanha eleitoral, as listas dos candidatos autárquicos priorizam programas de investimentos inteligentes, e de desenvolvimentos sustentáveis, a fim de convencerem os eleitores a votarem nas suas listas.

Caros leitores, dada a situação “covidiana”, que o governo da república ora diz que terminou ora diz que agravou, e devido às implicações de quarentena, por teste positivo à covid-19, contacto de baixo risco, contacto de alto risco, 14 dias em casa, 10 dias em casa, teste assim que possível, teste ao 6º dia (Não ouviste à primeira?! Sai-te covid estupô!) que, infelizmente, também afectaram o “vastíssimo” staff do nosso “Jornal da Praia” teremos um editorial breve para não ultrapassar os 15 minutos de exposição. É que de inverno a coisa vai, agora ficar de quarentena de verão é uma estopada dos diabos!… Mas como afirmámos, vamos avançando e directamente ao assunto: O que significa “Mutatis Mutandis”? Parece simples (e até o é) mas não é tão fácil de explicar. Tentaremos.

Acerca do Jornal da Praia

Este jornal é um quinzenário de informação geral que tem por objetivo a divulgação de factos, opiniões, debates, ideias, pessoas, tendências, sensibilidades, em todos os domínios que possam ser importantes para a construção de uma sociedade mais justa, livre, culta, inconformada e criativa na Região Autónoma dos Açores.

Este jornal empenha-se fortemente na unidade efetiva entre todas as ilhas dos Açores, independentemente da sua dimensão e número de residentes, podendo mesmo dar atenção primordial às ilhas de menores recursos, desde que tal postura não prejudique a implantação global do quinzenário no arquipélago dos Açores.

Área do assinante