Diretor: Sebastião Lima
Diretor Adjunto: Luís Moniz
Últimas Notícias

A história do futebol é complexa, as suas géneses ou origens, por vezes são dúbias e imprecisas “no tempo e no espaço”, de qualquer forma surgida na Grã-Bretanha, a meados do século XIX, e ligada a importantes colégios, nomeadamente de Westminster, Harrow e Charterhouse entre outros, fruto de uma sociedade imperialista em crescimento económico de relevo, uma sociedade em que um setor da população “solidamente acomodada dispõe de tempo suficiente para praticar diversas formas de ócio”, inclusive o futebol.

Quem ama aprende a gostar todos os dias mais um pouco, e a aceitar as coisas menos boas do alvo do seu amor, e tal como no conto do Principezinho, que quase todos nós lemos na escola (no tempo das ideologias, que não a de género), o amor também se cultiva, alimenta, cuida, e fortalece ao longo do tempo.

A guerra no mundo, não se limita só à Ucrânia, que de conflito regional que ocorre na Europa de Leste, tende a transformar-se em conflito mundial iniciado pela Federação Russa, uma das maiores potências militares da Terra, porque para o terrível autocrata Putin, o ocidente e todas as nações pertencentes à NATO – aliança militar que congrega muitas nações do mundo livre e democrático – são inimigos que estarão a persuadir a Ucrânia a atacar a Federação Russa

Acerca do Jornal da Praia

Este jornal é um quinzenário de informação geral que tem por objetivo a divulgação de factos, opiniões, debates, ideias, pessoas, tendências, sensibilidades, em todos os domínios que possam ser importantes para a construção de uma sociedade mais justa, livre, culta, inconformada e criativa na Região Autónoma dos Açores.

Este jornal empenha-se fortemente na unidade efetiva entre todas as ilhas dos Açores, independentemente da sua dimensão e número de residentes, podendo mesmo dar atenção primordial às ilhas de menores recursos, desde que tal postura não prejudique a implantação global do quinzenário no arquipélago dos Açores.

Área do assinante