Diretor: Sebastião Lima
Diretor Adjunto: Luís Moniz
Últimas Notícias

O concerto de SAMUEL (Samuel Quedas), intitulado “Sempre um fim. Sempre um começo.” e as apresentações dos livros “Uma Adolescente à Beira de Um Ataque de Nervos”, de Mafalda Creative, e “Ainda Não é Bem Isto”, de Diogo Ourique, são os destaques do último fim-de-semana do Outono Vivo 2021.

Hoje, 12 de novembro, a programação inicia-se com a apresentação do livro “Ainda Não é Bem Isto” de Diogo Ourique, às 20h00, na Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira (AJAIT). Pelas 21h30, a Sociedade Filarmónica Espírito Santo da Agualva sobe ao palco do Auditório do Ramo Grande para concerto intitulado “Um Ano de Filarmónica”. Também a esta hora, realiza-se uma noite de poesia ao som de Joel Moura na AJAIT.

Amanhã, 13, Mafalda Creative, que é uma das mais conhecidas “youtubers” portuguesas, apresentará o livro “Uma Adolescente à Beira de um Ataque de Nervos”, às 16h00, no Auditório do Ramo Grande.

A seguir, pelas 20h00, na AJAIT, haverá o lançamento do livro “Lajes, Meu Porto de Afetos” de João de Deus Melo. Depois, às 21h30, haverá a quarta Janelas de Conto de Tânia Ferreira – Conto Curto: “EU”, com Letícia Leal e Tiago Mestre sobre “Vamos Desmistificar o eu sexual”. Para terminar este dia, há o concerto de SAMUEL (Samuel Quedas), com o nome “Sempre um Fim. Sempre um Começo”, no Auditório do Ramo Grande.

No último dia de Outono Vivo, domingo, pelas 15h00, decorre a sessão de cinema infantil no Auditório do Ramo Grande com o filme “Patrulha Pata: O Filme”. Segue-se a apresentação do livro “Coração de Avó” de Paulo Freitas, às 17h30, na AJAIT. Depois, há a apresentação do livro “Sonetos de Lava e Incenso (E Outros Delírios) de João Mendonça, às 20h00. Por fim, acontece o concerto da Filarmónica União Praiense, intitulado “Pasodobles Taurinos”, às 21h30, no Auditório do Ramo Grande.

Ao longo deste fim-de-semana, a exposição “Peças com História” do Museu de Angra do Heroísmo também se encontra visitável na Galeria de Arte da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira das 09h00 às 23h00.

Os bilhetes para os eventos podem ser adquiridos na bilheteira da Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira que se encontra a funcionar de segunda a sexta-feira das 09h00 às 17h00, ou contactando o 295 545 701; na bilheteira do Auditório do Ramo Grande, nas duas horas que antecedem o início do evento; ou através da bilheteira online da www.ticketline.pt. Excetuam-se os eventos gratuitos, cujos bilhetes devem ser levantados até duas horas antes do evento na bilheteira do Auditório do Ramo Grande.

Salienta-se que serão cumpridas as normas de segurança definidas pela Autoridade de Saúde. Haverá também uma lotação limitada nos espaços (no caso do Auditório do Ramo Grande a lotação está limitada a três quartos da capacidade máxima da sala de espetáculos – cerca de 300 lugares), bem como o uso obrigatório de máscara de proteção individual.

A youtuber nacional Mafalda Creative marca presença no Outono Vivo com a apresentação do seu livro “Uma Adolescente à Beira de Um Ataque de Nervos”, prevista para sábado,13, às 16h00, no Auditório do Ramo Grande (ARG).

Com mais de 493.000 subscritores no YouTube e mais de 310.000 seguidores no Instagram, é considerada uma das youtubers com mais sucesso em plataformas digitais, cujo conteúdo assenta na realização de vídeos e paródias.

O seu livro, editado pela Manuscrito, já ultrapassou as 10000 cópias vendidas.

“Uma Adolescente à Beira de Um Ataque de Nervos” retrata os desafios da vida na fase da adolescência, altura por excelência de descoberta e adaptação às problemáticas e vivências do dia-a-dia”.

Segundo a autora, a obra reúne “um conjunto de estratégias para sobreviver ao secundário e aprender a fazer os amigos certos, incluindo também dicas sobre como tirar a carta de condução, a vida de finalista e os primeiros tempos na faculdade”.

Paula Sousa, vereadora com o pelouro da Cultura, acredita “na aposta de escritores que possam envolver as novas gerações, valorizando igualmente os jovens que visitam o Outono Vivo (OV) e encaram este festival como um espaço de partilha de ideias e criação de experiências enriquecedoras”.

 “O OV assume-se como um local de encontros entre gerações, onde são debatidas as mais diversas temáticas e colocadas em perspetiva opiniões sobre um determinado assunto. A par disso, e igualmente importante, é também o conhecimento transmitido nos momentos musicais, de teatro, contos infantis ou cinema que integram este festival. Pretende-se que, de uma forma ou de outra, o OV seja uma experiência enriquecedora para todos os que o visitam”, referiu a edil praiense.

Apesar do evento ser gratuito, o acesso ao mesmo envolve a aquisição prévia de bilhete, no sentido de cumprir a lotação limitada em período de pandemia. Os mesmos podem ser adquiridos na Academia de Juventude e das Artes, de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 17h00, e nas duas horas antes do início da iniciativa, no sábado, na bilheteira do ARG. É obrigatória a utilização de máscara, bem como a desinfeção das mãos.

A XVI edição do OV decorre até domingo, 14 de novembro, na Academia de Juventude e das Artes da Ilha Terceira e no Auditório do Ramo Grande, envolvendo, além da habitual Feira do Livro, a apresentação de livros

 

Programa Outono Vivo 

ver mais em Agenda Praia Cultural

A presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Vânia Ferreira, e a vereadora com o pelouro da Cultura, Paula Sousa, entregaram, na manhã de terça-feira, 09, cheques-oferta à biblioteca municipal e às quatro bibliotecas escolares para reforço dos seus catálogos de livros. O momento aconteceu no âmbito do Outono Vivo 2021, festival literário e cultural, que decorre até 14 de novembro na cidade.

Foram atribuídos cheques-oferta à Escola Secundária Vitorino Nemésio, Escola Básica Integrada dos Biscoitos, Escola Profissional da Praia da Vitória, Escola Básica Integrada da Praia da Vitória e Biblioteca Municipal Silvestre Ribeiro. Os cheques-oferta totalizaram 1700 euros para aquisição de livros.

A Presidente da Autarquia praiense, Vânia Ferreira, sublinha que “para além de um importante contributo para o enriquecimento das bibliotecas do concelho, é também um momento onde assinalamos a nossa vontade de estar ao lado das nossas escolas”.

 “A nossa intenção passa por se construir e manter um relacionamento próximo com as escolas, onde este primeiro contacto se traduziu num encontro com os representantes das escolas básicas integradas, secundária e profissional do nosso concelho, onde no fim levaram também um contributo para o seu acervo escolar”, finalizou a edil praiense.

Desde 2016, o Município da Praia da Vitória procede à entrega de vouchers às bibliotecas no Concelho com vista ao reforço e atualização dos seus catálogos de livros.

Acerca do Jornal da Praia

Este jornal é um quinzenário de informação geral que tem por objetivo a divulgação de factos, opiniões, debates, ideias, pessoas, tendências, sensibilidades, em todos os domínios que possam ser importantes para a construção de uma sociedade mais justa, livre, culta, inconformada e criativa na Região Autónoma dos Açores.

Este jornal empenha-se fortemente na unidade efetiva entre todas as ilhas dos Açores, independentemente da sua dimensão e número de residentes, podendo mesmo dar atenção primordial às ilhas de menores recursos, desde que tal postura não prejudique a implantação global do quinzenário no arquipélago dos Açores.

Área do assinante