Diretor: Sebastião Lima
Diretor Adjunto: Luís Moniz
Últimas Notícias

A candidata do Grupo de Cidadãos Eleitores “Esta é a nossa Praia” a Vereadora da Câmara Municipal da Praia da Vitória, nas eleições Autárquicas do próximo dia 26 de setembro, Raquel Borges, garante “a manutenção e o reforço dos apoios municipais” à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória (AHBVPV), elogiando o trabalho prestado “no socorro e cuidado às populações e nas prestações dos bombeiros em competições regionais, nacionais e internacionais onde têm levado e elevado o nome da Cidade e do Concelho aos mais altos patamares”.

Após reunir com a Direção e Comando da AHBVPV (acompanhada de vários elementos da lista de candidatos à Câmara Municipal, encabeçada por Tiago Ormonde, assim como de candidatos que integram a lista da candidatura independente à Assembleia Municipal da Praia da Vitória), Raquel Borges apontou ainda “outras prioridades definidas no Plano de Desenvolvimento para o Concelho da Praia da Vitória, no âmbito das ações de Proteção Civil”, nomeadamente “a criação de Unidades Locais de Proteção Civil nas Freguesias e Vila do Concelho onde ainda não existam, através da disponibilização de apoios específicos às Juntas de Freguesia”.

“A AHBVPV tem prestado um papel fundamental e de excelência no socorro e assistência a todos os Praienses, para além de que tem potenciado o nome da Cidade e do Concelho aos mais altos patamares dos pódios de competições de trauma e desencarceramento a nível regional, nacional e internacional. Tomamos nota das principais dificuldades sentidas por esta Associação e o que podemos garantir é a manutenção e reforço dos apoios municipais aos Bombeiros da Praia da Vitória, para que continuem a ser capazes de prestar o serviço de excelência que têm vindo a prestar ao longo dos últimos anos”, afirmou a candidata à saída.

Por outro lado, acrescentou Raquel Borges, “a candidatura ‘Esta é a nossa Praia’ dedica um capítulo específico do seu Plano de Desenvolvimento Concelhio às questões da Proteção Civil, pelo que estamos focados na melhoria da capacidade de resposta dos serviços municipais e locais de proteção civil. Assim, podemos garantir também que prestaremos todo o apoio necessário às Juntas de Freguesia, no sentido de serem criadas Unidades Locais de Proteção Civil, nas localidades onde ainda não existam”. “Vamos ainda reivindicar um reforço dos meios para melhorar a qualidade do serviço de segurança pública em todo o Concelho, desenvolver ações de sensibilização para toda a população, com especial enfoque nas crianças e nos idosos, no que toca a questões de proteção civil, apoiar as Instituições no âmbito dos seus planos de emergência e medidas de autoproteção, através do apoio à realização de inspeções regulares e garantir inspeções conjuntas, em toda a extensão das ribeiras, em articulação com os Serviços de Ambiente do Governo Regional e Juntas de Freguesia”, salientou.

“A Proteção Civil começa em cada um de nós, mas os serviços municipais são os que estão mais próximos das populações, pelo que, não podemos descurar as questões relativas à proteção de pessoas e bens. E não é por estarmos em campanha que esquecemos o essencial. E estas questões são da maior importância”, declarou Raquel Borges.

A candidata do Bloco de Esquerda à Câmara da Praia da Vitória visitou o Pavilhão da Artes Marciais e alertou para o estado de degradação que a infraestrutura apresenta, resultado da falta de manutenção durante os seus 10 anos de existência.

"Este pavilhão é frequentado por crianças desde tenra idade. Portanto, falamos de crianças a partir dos 3 anos que iniciam aqui o seu contacto com a prática do desporto. Não é de todo acolhedor, essencialmente pela sua segurança, que o chão esteja completamente degradado, em que é preciso andar com cuidado, para não correr o risco de cair", afirmou Joana Bettencourt.

A candidata entende que as infraestruturas destinadas à prática de desporto são determinantes para crianças, jovens e adultos, e, por isso, merecem toda a atenção por parte das entidades responsáveis, estranhando, por isso, o estado de degradação a que o edifício chegou, apresentando problemas no chão, nas janelas e no teto, que apresenta falhas graves.

Para Joana Bettencourt, para além de todo o bem-estar que proporciona, o desporto pode e deve ser uma das razões da primeira visita que muitas pessoas realizam à Terceira, nomeadamente para competições, por isso é preciso garantir as melhores condições para quem pratica desporto na ilha, mas também para quem se desloca ao concelho com esta finalidade.

"Este pavilhão, em concreto, necessita de obras urgentes para que crianças e jovens possam usufruir desta infraestrutura. Para além deste, pretendo que seja feita a manutenção necessária nos restantes pavilhões deste concelho", afirmou a candidata.

A candidata à Presidência da Câmara Municipal da Praia da Vitória pela coligação PSD/CDS-PP, Vânia Ferreira, sublinhou esta quarta feira que “uma autarquia liderada pela nossa coligação vai prezar a ruralidade do concelho e a importância do seu setor agrícola”.

A social democrata falava após visitar vários empresários agrícolas praienses, “alguns deles com investimentos diferenciadores ao nível da produção de hortícolas e frutícolas, que demonstram a valia e a dedicação de quem trabalha a terra, na senda das tradições rurais do Ramo Grande”, referiu.

Em termos de medidas viradas para o setor agrícola nas dez freguesias e vila, a candidata garante “um esforço redobrado para a manutenção e limpeza dos caminhos de acesso às explorações, indispensáveis para o bom funcionamento e crescimento das mesmas”.

Vânia Ferreira destacou que, “no âmbito das boas relações com os serviços regionais competentes, e depois de apresentadas as nossas propostas, é dado assente que se poderão melhorar as condições dos postos de abastecimento de água à lavoura, uma reivindicação constante dos nossos empresários agrícolas”, lembrou.

Da mesma forma, “pretendemos ver aumentada a regularidade da recolha de resíduos agrícolas do concelho, que queremos tenha cada vez mais debeladas as preocupações ambientais, com as melhores soluções postas em prática de forma natural”.

A candidata disse ainda que, “muitas das queixas que temos ouvido são consequência da inação dos anteriores governos regionais, tantas delas por resolver porque também quem governou a Praia da Vitória nos últimos anos se deixou calar a vários níveis. Com a nossa gestão, a postura será diferente e os frutos dessa nova forma de agir rapidamente irão surgir”, assegurou.

Recorde-se que a lista candidata pelo PSD e CDS-PP à Câmara Municipal da Praia da Vitória, encabeçada por Vânia Ferreira, apresenta nos lugares seguintes Paula Sousa, Ricky Batista, Otília Martins, Marco Aurélio, Bruno Nogueira, Vitória Silva, Emanuel Areias, Nuno Silveira, Emiliana Toste, Sónia Ávila, Marco Meneses, Natividade Barcelos, Tiago Meneses, Manuel Humberto, Ana Catarina Borba, Fábio Ferreira, Cristina Silva, Daniel Reis, Lénia Meneses, Jacinta Ribeiro e Rui Espínola.

Acerca do Jornal da Praia

Este jornal é um quinzenário de informação geral que tem por objetivo a divulgação de factos, opiniões, debates, ideias, pessoas, tendências, sensibilidades, em todos os domínios que possam ser importantes para a construção de uma sociedade mais justa, livre, culta, inconformada e criativa na Região Autónoma dos Açores.

Este jornal empenha-se fortemente na unidade efetiva entre todas as ilhas dos Açores, independentemente da sua dimensão e número de residentes, podendo mesmo dar atenção primordial às ilhas de menores recursos, desde que tal postura não prejudique a implantação global do quinzenário no arquipélago dos Açores.

Área do assinante