Diretor: Sebastião Lima
Diretor Adjunto: Luís Moniz
Últimas Notícias

A Câmara Municipal da Praia da Vitória e a Praia Ambiente, EM. anunciaram, esta quinta-feira, o reforço, a partir da próxima semana, das recolhas de resíduos indiferenciados no Concelho, como resposta ao aumento destes nas últimas semanas.

A mesma fonte indica que a recolha de contentores na via pública será reforçada às quartas-feiras na zona norte (Juncal até aos Biscoitos) e nas quintas-feiras na zona sul (da Fonte do Bastardo às Lajes).

Esse reforço implicará a suspensão da recolha porta-a-porta de plástico doméstico nessas zonas, permitindo direcionar os recursos humanos e equipamentos para a recolha dos resíduos indiferenciados e para o reforço da higienização dos espaços públicos e dos equipamentos de recolha de resíduos.

A empresa municipal justifica que os volumes de plástico doméstico recolhidos porta-a-porta têm baixado significativamente devido ao aumento da deposição dos mesmos nas ilhas de ecopontos, amplamente distribuídas pelo Concelho.

A Praia Ambiente reforça também o apelo para que sejam cumpridas as regras de deposição de material preventivo (máscaras, luvas, etc.) relativo à pandemia COVID-19, recordando as indicações das autoridades de saúde: todos os resíduos produzidos por doente com COVID-19 em isolamento domiciliário (tratamento ambulatório), bem como pelos respetivos coabitantes e por quem lhe prestar assistência, devem ser colocados em saco de plástico, resistente e descartável, sem serem apertados, e serem borrifados com lixívia (solução de hipoclorídrico de sódio com uma concentração de +– 5%) a cada deposição. O enchimento do saco não deve ultrapassar os dois terços da sua capacidade, devendo ser bem fechado, borrifado com lixívia e colocado dentro de um segundo saco de plástico, também este fechado. Depois de fechado, o saco deve ser guardado durante 72 horas, antes de ser colocado no contentor coletivo ou à porta, para ser recolhido pelo sistema municipal de recolha de resíduos indiferenciados.

Pin It

Acerca do Jornal da Praia

Este jornal é um quinzenário de informação geral que tem por objetivo a divulgação de factos, opiniões, debates, ideias, pessoas, tendências, sensibilidades, em todos os domínios que possam ser importantes para a construção de uma sociedade mais justa, livre, culta, inconformada e criativa na Região Autónoma dos Açores.

Este jornal empenha-se fortemente na unidade efetiva entre todas as ilhas dos Açores, independentemente da sua dimensão e número de residentes, podendo mesmo dar atenção primordial às ilhas de menores recursos, desde que tal postura não prejudique a implantação global do quinzenário no arquipélago dos Açores.

Área do assinante