Diretor: Sebastião Lima
Diretor Adjunto: Luís Moniz
Últimas Notícias

 

No passado dia 6 de novembro realizou-se o Campeonato Nacional de Juvenis (13 e 14 Anos), no Pavilhão do colégio da Imaculada Conceição, em Cernache, distrito de Coimbra.

Esta prova foi a primeira prova nacional deste escalão no pós pandemia, tendo a última sido realizada em 2019.

O Judo Clube Ramo Grande esteve presente com os atletas campeões regionais, Rodrigo Azera, na Categoria ‐-50kg, Vitória Rodrigues -52kg, Laura Macovei -57kg, e ainda com os vice-campeões, Alexandre Aguiar -42kg e Luis Fagundes -46kg. 

Nos Masculinos, os atletas Rodrigo Àzera e Luís Fagundes começaram igualmente bem, tendo vencido de forma categórica os seus primeiros dois adversários e só baqueando, em simultâneo no terceiro combate efetuado.

Devido ao elevado número de atletas, só foram chamados para o combate de repescagem passados largos minutos, o que os levou a estar um pouco desconcentrados devido a sua pouca experiência nestes acontecimentos, e uma vez que são atletas jovens e a participar no seu primeiro Campeonato Nacional.

Assim não conseguiram alcançar o seu objetivo, que era a medalha.

Quanto às duas atletas, Laura Macovei e Vitória Rodrigues, a vitoria nos seus primeiros combates foi garantida, tendo as duas baqueado no segundo combate, combate este que lhes daria o acesso à final.

Foram mais tarde para a luta do terceiro lugar, tendo assim obtido as merecidas medalhas de terceiras classificadas.

O JCRG para participar nesta prova teve o apoio das empresas AKIPERTO, ELECTRO CRUZEIRO, QUEIJO VAQUINHA e SAPATARIA MABEL

A Câmara Municipal da Praia da Vitória, com a colaboração da Associação de Futebol de Angra do Heroísmo, promove a organização, este fim de semana, de 13 a 15 de agosto, do Torneio Praia da Vitória CUP 2021, evento que juntará as equipas das Fontinhas, Lusitânia e Rabo de Peixe, no Campo Municipal Dr. Durval Monteiro.

Fruto da situação epidemiológica ainda vigente e das limitações impostas pela pandemia da COVID-19, não foi possível alargar o leque de equipas a participar neste Torneio, cujo objetivo principal passa pela dinamização da prática desportiva no Concelho da Praia da Vitória.

Assim, esta sexta, sábado e domingo, no Campo Municipal da Freguesia de Fontinhas, vão esgrimir argumentos os planteis seniores do Grupo Desportivo das Fontinhas e do Clube Desportivo de Rabo de Peixe (emblemas que representarão os Açores na próxima edição do Campeonato de Portugal), assim como o Sport Clube Lusitânia (equipa que disputará, na época desportiva que se está a iniciar, o Campeonato de Futebol dos Açores).

A Câmara Municipal da Praia da Vitória convidou, inicialmente, para participar no Torneio as equipas das Fontinhas, Rabo de Peixe e Sport Clube Praiense, emblemas que mais do que representar os Açores no Campeonato de Portugal tinham ou têm como elo comum o treinador Francisco Agatão (atualmente à frente da formação da ilha de São Miguel, mas que nos últimos anos esteve ligado às duas equipas do Concelho da Praia da Vitória), mas por impossibilidade de participar, manifestada pelos dirigentes do Sport Clube Praiense, foi convidado o Sport Clube Lusitânia.

Do calendário do Praia da Vitória CUP 2021, registam-se então os seguintes encontros: sexta-feira, dia 13 de agosto, pelas 18h30, o Clube Desportivo Rabo de Peixe defronta o Sport Clube Lusitânia; no sábado, dia 14, pelas 17h00, o Sport Clube Lusitânia mede forças com o Grupo Desportivo das Fontinhas; já no domingo, dia 15, pelas 16h00, o Grupo Desportivo das Fontinhas disputa o último jogo do Torneio com o Clube Desportivo Rabo de Peixe.

O público poderá assistir às partidas agendadas mediante o cumprimento das regras sanitárias em vigor determinadas pelas autoridades de saúde, sendo o acesso às bancadas do Campo Municipal Dr. Durval Monteiro gratuito. No entanto, à entrada, será feito o registo e identificação de todos os espetadores, cumprindo-se com o estipulado quanto à lotação do recinto (que só poderá albergar público em três quartos da sua lotação máxima), mantendo-se o distanciamento social e a obrigatoriedade de uso de máscara de proteção individual.      

O Diretor Regional do Desporto defendeu, em Angra do Heroísmo, que o mar e o desporto náutico terão de ser uma aposta para a Ilha Terceira e os Açores e que, mais do que o seu significado, a nossa “autoestrada” e o nosso meio envolvente, “temos obrigatoriamente de aproveitá-lo melhor”.
“Aproveitar as parcerias que terão de ser feitas com os clubes náuticos da Região Autónoma dos Açores, colocando também assim os Açorianos a conviver mais com o mar”, salientou Luís Carlos Couto, na cerimónia de abertura do Campeonato Nacional de Cruzeiros ORC 2021, nos Paços do Concelho de Angra do Heroísmo, que arranca hoje e decorre até ao dia 25 de julho na baía da cidade.
Para o responsável pela pasta do Desporto na Região, os Açorianos devem utilizar de forma mais ativa os recursos marítimos e, assim, todos juntos, por via da atividade dos clubes náuticos, “fazermos a diferença nessa matéria e na nossa relação com o mar”.
“Por isso é fundamental esse tipo de competições, não só pela beleza enquanto espetáculo desportivo – e a baía de Angra permite dar espaço a um evento de grande recorte -, mas também pela promoção do mar enquanto recinto desportivo de excelência”, sublinhou Luís Carlos Couto.
O Diretor Regional do Desporto enalteceu a realização deste campeonato de âmbito nacional e o trabalho desenvolvido pelas entidades que, face aos constrangimentos da pandemia, fizeram transitar esta iniciativa de 2020 para o presente ano.
“É fundamental para o desporto, que aqui represento, que os grandes momentos de competição possam também passar pelos Açores. A competição, eu diria, é como a “levedura” do processo desportivo”, considerou Luís Carlos Couto.
“Se não podemos ter o nível competitivo na perspetiva da prestação desportiva,podemos ter ou começar por ter pelo menos a possibilidade de ver os melhores numa determinada competição ou modalidade, neste caso na prática da vela de cruzeiro. Isto proporcionará também a possibilidade de se formar público, novos entusiastas e novos praticantes”, acrescentou.
O Campeonato Nacional de Cruzeiros ORC 2021, que soma 14 embarcações inscritas, acontece sob a égide da Federação Portuguesa de Vela e do Angra Iate Clube, e conta com o apoio do Governo Regional dos Açores através da Direção Regional do Desporto.

Acerca do Jornal da Praia

Este jornal é um quinzenário de informação geral que tem por objetivo a divulgação de factos, opiniões, debates, ideias, pessoas, tendências, sensibilidades, em todos os domínios que possam ser importantes para a construção de uma sociedade mais justa, livre, culta, inconformada e criativa na Região Autónoma dos Açores.

Este jornal empenha-se fortemente na unidade efetiva entre todas as ilhas dos Açores, independentemente da sua dimensão e número de residentes, podendo mesmo dar atenção primordial às ilhas de menores recursos, desde que tal postura não prejudique a implantação global do quinzenário no arquipélago dos Açores.

Área do assinante